domingo, 5 de junho de 2011

Busca Eterna

Deixo me estar, 
Onde eu queira estar.
Não importa objetos,
Isso tudo é insignificante!
A vida é um ciclo de "bellers", 
Que faz bem.


Querem sempre mais,
Nada é suficiente.
Procura-se algo que não
Se acha em esquinas.
Vivi-se em um mundo 
Farto de busca por mais...
Mais prazer...
Mais prazer...
Mais prazer...
E nunca se depara com 
Um fim. A busca é eterna.

Um comentário:

  1. "A busca é eterna"... e, afinal, incessante... para, outrora, desvendar-se como um segredo que não se acha...

    ResponderExcluir